segunda-feira, 9 de abril de 2007


Cumplicidade
Falo sobre esta palavra em quase todos os meus textos, mas qual é o sentimento de cumplicidade?
É um sentimento que engloba vários, é a amizade, o amor, a sinceridade e a honestidade que nos levam a ser cúmplices um do outro, a sensação de que você sempre poderá contar com a outra pessoa, até debaixo d´água.
É estar sempre junto, mas não fisicamente, e sim emocionalmente, entender o outro com poucas palavras, com um gesto, com um olhar, compreender seus momentos, saber o momento de falar ou de calar, de agir ou de deixar.
Não é algo que propriamente se sente, mas que vai acontecendo, construindo, é o companheirismo, é saber que você tem alguém, não como propriedade, mas como um verdadeiro companheiro, sentir à distancia o que a pessoa está sentindo com apenas um alô, conhecer como ninguém a ela e vice versa. Você pode ter essa cumplicidade não só num relacionamento amoroso, mas com amigos, com alguém de sua família, sempre cresce em função do amor, seja ele qual tipo for, da compreensão, da flexibilidade e de sintonia.
Não existe coisa mais gostosa do que ter um cúmplice, do que ter a união de todos estes sentimentos, de dividir, de agregar. E é tão bom, que com o tempo a tendência é aumentar cada vez mais e não se perder, uma vez conquistada a tal cumplicidade, a sensação é de só querer aumentar, cultivar, uma verdadeira delícia.
Construa isso em seu relacionamento, em seu trabalho, na sua família e em sua vida.


Denise (Psicanalista)

2 comentários:

Lígia disse...

Minha GRANDE cúmplice!
Cúmplice na recuperação de astros alheios.
Quando eu crescer quero ser igual a você.

Bju.
Amo-te!
Parabéns pelo blog. Visitarei sempre.

Luciana*** disse...

Primeiro Van�ssa vc est� um show na Sala Violeta... � ali que nada mais nada menos buscamos nossa melhor rela�o aqui...
Adorei seu blog, j� estou divulgando, viu?
Parab�ns!
Beijos no Cora�o.
Obrigada por tudo!